Branding, dê sentido à sua marca!

Branding, dê sentido à sua marca!

Branding não é o que você diz sobre sua marca, e sim o que os outros dizem sobre ela.

O BRANDING é um conjunto de conceitos que envolvem ações e planos estratégicos, com o objetivo de consolidar uma marca no mercado. A busca por esse objetivo se dá através de várias práticas de fortalecimento de marcas que procuram colocar a percepção dos clientes como positiva, e é melhorando essa percepção que a marca entra no topo da lista de opção desse cliente quando ele vai realizar uma decisão de compra.

Ele desenvolve uma personalidade para a marca, independente do seu porte, tornando-a mais próxima dos consumidores. Eleva também a preferência do mercado pelos seus produtos ou serviços, pois o público se sente mais identificado com a marca, dessa forma é possível gerar um relacionamento maior e duradouro com os clientes melhorando cada vez mais a reputação da empresa.

A gestão de marca é uma promessa para sua audiência sobre o que ela pode esperar do seu conteúdo, dos seus produtos e serviços, e como é que você se diferencia das outras marcas do mesmo nicho de mercado! O processo de BRANDING envolve:

– O nome da marca: O primeiro passo para o grande sonho, o nome é o que liga a marca sentimentalmente a todos que entrarem em contato, temos que analisar com calma, usar a criatividade, ir além com opções diferentes do comum, pois o diferencial é o que chama a atenção. Essa etapa não é algo fácil de ser feita, necessita de bastante pesquisa e conhecimento, ele deve ser curto, fácil de se pronunciar, ler e escrever, visualmente interessante, de fácil acesso, ser original e gerar ligações positivas, o que irá torná-lo simples e memorável.

– Manual da marca: Para manter uma identificação da marca, é necessário construirmos um manual, ele servirá como um guia, tanto de cores, código das cores, como tipografias e fontes utilizadas, versões verticais e horizontais. Mantermos uma unidade de estilo bem elaborada é essencial para criar emoções e conexões em seu público. Vá em uma única linha de raciocínio e componentes visuais, elas servirão de exemplo para o estilo que você quer adotar para a marca.

– Logotipo: O Logo é a primeira imagem que vem em mente quando se fala da marca, o cérebro faz essa associação para situarmos do que se trata o assunto, é como o nosso nome ou apelido, usamos essa referência para que a outra pessoa saiba de quem estamos falando. Então, o logo deve expressar a ideia que a empresa quer passar para seus consumidores, guiando todas as decisões que forem tomadas. Por isso, devemos ter em mente que o BRANDING não é apenas um nome, o design e o logo como muitos pensam. Esses são alguns fatores que compõem um projeto de BRANDING, são pontos que fazem a marca ser reconhecida, esses pontos geram memórias afetivas que influenciam no hábito de consumo e devem ser muito bem elaborados e executados.

DICA BÔNUS:

– Mantenha uma identidade visual padronizada:

A identidade visual é uma porta de entrada para a sua marca. Os elementos simbolizam seus valores e personalidades, podendo até provocar diferentes sensações nos consumidores. Ela que fica na memória do público e passa a ser referência no seu segmento. É bom manter uma boa padronização desses elementos para existir um propósito dentro dessa identidade, as cores, tipografia, logo, nada é escolhido sem pesquisas ou por acaso. Todo esse processo faz parte de uma estratégia.

O Branding é relacionamento. Quando convencemos alguém a se relacionar com a gente, mostramos nossos pontos mais atrativos, ao decorrer do tempo essa pessoa continua a se comunicar conosco por conhecer esses pontos, que muitas vezes não recordamos. É o que acontece com as marcas, que possuem diversos concorrentes do mesmo seguimento, e atualmente, se uma pessoa utiliza o produto ou serviço de sua marca, é porque de fato está proporcionando algo positivo a ela. Temos que saber quais os pontos que as motivam para replicar em uma escala maior no nosso nicho de atuação.

Tenha muito claro qual é o seu propósito, para que sua marca existe? Qual a missão? Quais são os valores e necessidades que sua marca atende? O que sua marca faz para ser única e exclusiva? Qual o motivo dos consumidores comprarem de você e não do concorrente? Como os seus consumidores descreveríam sua marca?! Temos que ter essas respostas sempre em mente.

Por último, encontre uma voz que represente a marca e seja aplicada em qualquer material de comunicação e mantenha uma linguagem clara, assim como todos esses processos, a linguagem também é muito importante e faz parte do BRANDING, faz parte de quem é a sua marca!

Agora conte-nos quais são as emoções que sua marca busca gerar em sua audiência?! Você consegue estabelecer o que realmente deseja passar para seus consumidores?! Conte com a Blah! para alavancar os seus negócios. Aqui a sua oportunidade de crescimento é certa! Clique aqui para solicitar a proposta ideal para sua marca!

Quer implantar agora mesmo sua estratégia branding e não sabe como começar? Conheça agora nosso método de trabalho!

 

 

 

Deixe um comentário